blogando

Edaísmo na Indústria Farmacêutica

há 518 semanas Nos últimos anos têm sido muitos os ex-colegas da Indústria Farmacêutica (IF) que têm procurado o meu aconselhamento em situações de “transição de empregos”, ou mais cruamente quando estão desempregados. Muitos deles queixam-se que, mesmo sendo altamente especializados, não conseguem competir com outras pessoas menos qualificadas, apenas porque estas apresentam um Bilhete de Identidade com uns anos a menos.
clique para ver
o artigo completo
Comentário de Rolando Santos:
Lamentavelmente não é prática exclusiva da indústria farmacêutica. Qualquer empresa pública ou privada tem este tipo de prática. Quem tiver idade igual ou superior a 35 anos é considerado velho para novas funções ainda que altamente qualificado e/ou especializado. Aliás a qualificação ou especialização aliadas à idade são sinónimos de exclusão automática por sermos muito caros . Acho piada quando alguns ditos técnicos de rh nos remetem para o empreededorismo e tentam dar como alternativa a criação de empresas próprias alegando que as empresas não querem ter custos altos com o pessoal nem querem ter empregados com vicios provenientes de outras empresas . Outros simpáticamente dizem vamos tentar criar-lhe uma oportunidade ou irá ser contactado oportunamente mas as estatísticas do fundo de desemprego vão aumentando cada vez mais.
É muito mais fácil arranjar um ou uma pessoa com vinte e poucos anos pagar-lhe 400 ou 500 euros dar-lhe um fato da Zara e moldá-lo ao gosto da empresa que é como quem diz do director ou do chefe.
Aliás é só abrir o Expresso e ver o tipo de anúncios de emprego que lá são publicados.
É o país que temos feito por alguns gestores que temos.

2009-11-23 16:43:46
Comentário de elsa vieira:
concordo e subscrevo as suas palavras os farmaceuticos preferem estar rodeados de gente sem alma pelo facto de serem novos e raro encontrar gente nova a trabalhar com a camisola bem vestida. Tanta gente que gostaria de estar para alem do balcao. Mas parece que so e possivel em sonho. eu tenho 42 anos nao importava ganhar o ordenado minimo.Mas nao tenho 2o anos.Logo estou condenada.

2010-11-04 21:07:41
Deixe o seu comentário:

A sua identificação:
Nome:
Email: